PUBLICIDADE

Quintino Aires arrasa atividade do Big Brother e ‘obriga’ TVI a emitir comunicado

Bruno Savate e Edmar tiveram a missão do Big Brother de simular as dores do parto, em “solidariedade com as mulheres”.

PUBLICIDADE

A atividade proposta pelo Big Brother deixou Quintino Aires indignado. O comentador manifestou-se contra a ação, considerando-a “lamentável”.

“Sinceramente achei uma lamentável e triste iniciativa do Big Brother. Primeiro, porque a feminilidade não vai além das dores de parto. Depois não me parece que o contributo para que homens e mulheres se consigam entender vá por uma especíe de vingança, do género ‘tu não tens esta dor então sente-a lá’“.

“Acho uma enorme falta de respeito por muitas mulheres que nunca engravidaram nem nunca vão engravidar por vários motivos… reduzir a condição de mulher às dores de parto é uma falta de respeito. E acho uma falta de respeito imensa do Big Brother por todas as transexuais porque não tem útero e nunca vão engravidar, não são menos femininas do que as outras mulheres. Não gostei nada da iniciativa do Big Brother, achei triste e lamentável“, acrescentou.

Depois das palavras do psicólogo, a TVI emitiu comunicado lido por Mafalda Castro.

“Tenho que fazer um comunicado porque, para além de ser moderadora aqui desta conversa ótima que temos todos os dias, também represento uma equipa da qual me orgulho muito, obviamente, e que sei que luta todos os dias para que a inclusão faça parte deste programa. Portanto, quero reforçar que o Big Brother é um programa que trata de todos temas, atividades e pessoas com respeito, seriedade e dignidade. Um formato líder mundial que visa os valores humanos e com impacto significativo na sociedade. Quero esclarecer e dar os parabéns a toda uma equipa que diariamente, e de forma incansável, leva este formato de televisão ao grande público, e que todos os comentários e opiniões dos nossos convidados são, obviamente, da sua inteira responsabilidade”.