PUBLICIDADE

Pai de Valentina espancado a murro e pontapé na prisão

O pai de Valentina, que está a cumprir uma pena de 25 anos de prisão pelo homicídio e ocultação do corpo da filha, em maio do ano passado, foi espancado por um grupo de reclusos no estabelecimento prisional de Vale de Judeus, na Azambuja.

PUBLICIDADE

Sandro Bernardo foi espancado a murro e pontapé por outros reclusos e teme pela vida.

Segundo o Correio da Manhã, Sandro já recebeu tratamento médico e pediu à direção do estabelecimento prisional para ficar sempre dentro da cela.

Recorde-se que o corpo de Valentina foi encontrado no dia 10 de maio de 2020, poucos dias depois de a menina de nove anos ter sido dada como desaparecida.

Sandro Bernardo acabou por confessar o crime. O homem tinha escondido o cadáver a poucos quilómetros de casa, com ajuda da madrasta da menina, que foi condenada a 18 anos.

PUBLICIDADE
Sugestões para ti