PUBLICIDADE

Leonor Poeiras faz desabafo: “Estou emocionalmente exausta e não consigo mais…”

Leonor Poeiras deu uma entrevista ao jornal Expresso onde denunciou um caso de assédio, em que o agressor foi o seu psicanalista. A apresentadora vem agora lamentar que a entrevista tenha sido exclusiva a assinantes, pois denunciou o caso com a intensão de partilhar informação e ajudar quem passa por algo semelhante.

PUBLICIDADE

“Quando dei a entrevista ao Expresso, em que denunciei a situação de assédio que vivi com o meu conceituadíssimo psicanalista, não sabia que seria um conteúdo exclusivo para assinantes. Pedi ao jornal para deixar o vídeo disponível a todos ao fim de uma semana, de forma a respeitar a política da casa. Mas não é possível, responderam hoje”, explica.

“Venho por este meio dizer-vos que lamento que assim seja. Se falei intimamente sobre este caso doloroso, foi precisamente para alertar para a Lei, foi para partilhar informação que eu própria desconhecia e em última instância para tentar afastar este homem perigoso das pacientes que ainda terá”.

“Tenho recebido mensagens diariamente de mulheres que querem tirar muitas dúvidas comigo, mas estou emocionalmente exausta e não consigo mais. Mantenho-me disponível para ajudar quem tiver passado pelo mesmo com o mesmo psicanalista, espero que compreendam. Obrigada”, concluiu a apresentadora.