Leonor Poeiras expõe mensagem de assédio do psicanalista. Ele já reagiu…

A atriz Sofia Arruda deu o mote ao falar do facto de ter sido vítima de assédio sexual. Agora, outras figuras públicas vieram a público dar o seu testemunho.

PUBLICIDADE

A apresentadora Leonor Poeiras foi uma das que revelou a sua história e identificou o agressor. “Recebi uma mensagem erótica que me chocou profundamente“, disse, revelando que o agressor se tratou do seu Ex-psicanalista.

“Sim, já faz muitos anos e demorei algum tempo a perceber que era assédio sexual. Pela simples razão de nunca ter havido um único toque. Há dez anos iniciei um processo terapêutico. Fiz psicanálise pois estava numa fase da vida muito confusa da minha vida. Precisava de uma ajuda profissional“, revelou em entrevista ao Expresso.

A apresentadora expôs ainda a mensagem que recebeu.

“Recorria a ele quando estava num momento muito mau. Era frequente trocarmos SMS ao domingo. Eram sessões muito íntimas: a terapêutica freudiana é muito assente num autoconhecimento que vem da nossa sexualidade. Entreguei-me por completo a esta pessoa. Só numa madrugada, ao fim de 200 sessões, é que eu percebi o que estava a acontecer“, explica.

A mensagem que recebeu às 4 horas da manhã dizia: “Acordo, inquieto. Ao umbigo do sonho liga-se uma imagem: a sua. Pensamentos em turbilhão, desconexos: cabana solitária, porque não me convidas visita — uma manhã? Porque não me convida…? Porque não… Não sei o que digo, não sei o que penso. Perdoe-me esta intrusão em paisagens que são tão suas…“.

Psicanalista já reagiu

O psicanalista em questão, Frederico Pereira, já reagiu.

Ao Semanário Expresso, o profissional começou por afirmar que não responde a “pessoas perturbadas“ e garante que a mensagem não continha nenhuma insinuação sexual. “De facto às quatro da manhã, quando acordei, terei dito essas coisas. Mas esse assunto ficou por aí. Não tem nenhuma insinuação sexual“.

PUBLICIDADE
  Sugestões para ti