PUBLICIDADE

Jurado do ‘All Together Now’ revela ter sido vítima de abusos sexuais: “Vivo com dores todos os dias…”

Mário de Carvalho, um dos jurados do programa “All Together Now”, da TVI, esteve esta segunda-feira à conversa com Maria Botelho Moniz e Cláudio Ramos no programa ‘Dois às 10’.

PUBLICIDADE

O stylist de celebridades deu o seu testemunho sobre os abusos sexuais de que foi vítima na infância.

O profissional da moda conta que os abusos ocorreram quando tinha apenas 12 anos, e que foi alvo de chantagem e manipulação. O agressor fazia-se passar por um amigo da família, uma mentira que só descobriu anos mais tarde e que intensificou o sentimento de culpa.

“Aquela pessoa dizia-se conhecida da minha família e para não fazer mal à minha família, eu tinha de sujeitar-me àquilo”, conta.

“Depois cheguei a tribunal, na primeira altura em que me cruzei com essa pessoa, e a minha mãe diz-me: ‘filho, nós não o conhecemos'”.

“Foi a única vez durante este processo que eu senti que o mundo tinha caído, porque submeti-me sete vezes àquilo para proteger a minha família quando percebo que [na realidade] não protegi ninguém”, diz.

Mário conta que todo o processo foi traumático e que é uma dor que ainda carrega.

“Foi verdadeiramente traumático tanto para mim como para a minha mãe ao ponto de numa das segundas ou terceira entrevistas que tive com a inspetora ao lado da minha mãe, de mãos dadas com ela, perguntaram-me: ‘Tu és homossexual, então foste tu que quiseste que isso acontecesse’. A minha mãe ouviu isto. Eu ouvi isto. Tinha 14 anos já nesta altura… O meu sonho maior era ser um Tokio Hotel [grupo musical originário da Alemanha], não era que nada disto me tivesse acontecido”.