PUBLICIDADE

Joana Solnado acusa ator “conhecido” de assédio sexual: “Punha repetidamente a mão num sítio e noutro do meu corpo…”

Sofia Arruda deu o mote para se falar em assédio sexual depois de ter revelado ter sido afastada de um canal de televisão por recusar as investidas de um superior. Outros casos vieram a público.

PUBLICIDADE

Em entrevista ao Expresso, Joana Solnado relatou um episódio que terá ocorrido há cerca de duas décadas, quando frequentava um curso de teatro na Universidade Moderna, em Lisboa.

A atriz revela que o autor foi um ator e professor “famoso” que já faleceu.

“O professor punha repetidamente a mão num sítio e noutro do meu corpo, o que me deixava bastante desconfortável. Uma pessoa mais ingénua podia achar que era mesmo assim“, explicou.

“Recordo que ele dizia que se fôssemos ‘boas’ tentaria arranjar-nos um papel aqui e ali. Lembro-me de lhe pedir por duas vezes: ‘Olhe, não faça isso, se faz favor’. Não pareceu ter ouvido. Nunca mais fui às aulas“, disse.

“Claro que há várias razões para ainda não terem avançado nomes: há muito medo da ridicularização e de as pessoas acusadas responderem de forma acusatória e humilhante para a vítima. Pode ser a palavra de um contra a do outro e isso não vale nada. Porque quem denuncia a situação está numa situação mais fragilizada“, considera.