PUBLICIDADE

Joana sobre Bruno: “Espero que possamos ser, pelo menos, amigos…”

Joana, a grande vencedora do Big Brother – Duplo Impacto, esteve esta manhã no programa Dois às 10 e ainda à conversa com os jornalistas. A jovem de Cascais falou sobre a relação com Bruno Savate e de uma possível reaproximação.

PUBLICIDADE

“Ele não me quer telefonar. Ele não me quer contactar. As coisas ficaram exatamente iguais ao que estavam“, começou por afirmar.

“Lógico que ainda gosto dele, apesar das coisas que ele disse. Ele fez aquilo de cabeça quente, ainda estou à espera que ele venha falar comigo e que possamos ser, pelo menos, amigos. Não tenho tempo para odiar ninguém. Acho que podíamos ser pelo menos amigos“, disse ainda.

Joana tem dúvidas sobre o que motivou o afastamento de Bruno dentro da casa. “Eu não sei como começou, mas acho que talvez o Bruno seja um bocadinho inseguro e talvez tivesse ali algumas dúvidas. Tivemos um discussão por causa do Pedro, que começou devagarinho mas começou a aumentar nas semanas seguintes. As discussões foram prejudiciais tanto para um como para outro“.

Joana mantém-se esperançosa mas com dúvidas numa reconciliação. “Não vou encarar as coisas de ânimo leve e sei que aconteceram algumas coisas que eu errei, mas ele também errou… Não vou dizer que amei o Bruno“, revela, justificando que a relação foi curta e vivida intensamente dentro de um reality show.