PUBLICIDADE

Joana confronta Bruno após acusações: “Estás a fazer o mesmo jogo que o Rui Pedro?”

Joana abandonou a Sala do Impacto depois de Bruno a aconselhar ir ao psicólogo e receber tratamento, por esta ser “doente e mentirosa compulsiva”.

PUBLICIDADE

A jovem de Cascais diz ter sido a “gota de água” e que não admite que o ex-namorado lhe diga que é “doente mental”.

“Tu não estás bem, não estás mesmo bem. Sabes o quão grave isso é dizeres que uma pessoa tem uma doença mental? Sabes o quão grave isso é ou não? Estás a fazer o mesmo jogo que o Rui Pedro? Isto para mim é inaceitável, completamente inaceitável“, disse a jovem, confrontando Bruno.

O concorrente sentou-se em frente a Joana, olhando-a nos olhos, e mantendo-se em silêncio. O Big Brother teve de intervir e questionou Bruno se não estaria a exagerar.

Também Sofia tentou aconselhar o colega. “Acho que tens de medir um bocado mais as palavras. Acho que tens sido bué desagradável, bué frio… Acho que isto já é um bocadinho ultrapassar os limites“.

BRUNO AFIRMA: “DETESTO PESSOAS DESLEAIS”

Em conversa com Sofia, Savate tentou explicar o que disse na Sala do Impacto.

“Ela não está com uma depressão, ela tem uma doença: é mentirosa compulsiva. Agora interpreta como quer, é aquilo que eu sinto, que eu vejo e que ela me transparece. Detesto pessoas desleais e sempre a ajudei aqui dentro“, atirou.

“Ela precisa de ser tratada e a primeira coisa que ela precisa de fazer é admitir. Não me importo do que as pessoas vão pensar. Precisa de um acompanhamento médico… Estou de consciência tranquila, eu não me importo de perder o programa mas vou dizer sempre aquilo que eu vou pensar. Já engoli muitas coisas aqui dentro em prol dela… Ela tentou manipular-me ao máximo“, acrescentou.