PUBLICIDADE

Hugo Strada quebra silêncio após polémica: “Eu abri os Telejornais por coisas que eu não fiz…”

Hugo Strada, o youtuber e manager da Team Strada que em 2019 foi acusado de se aproveitar sexualmente e financeiramente de jovens que pertenciam à equipa, deu uma entrevista a Manuel Luís Goucha.

PUBLICIDADE

Hugo Strada garantiu que foi vítima de manipulação de imagens e que nunca houve comportamentos excessivos. Devido a toda a polémica, o youtuber confessa que pensou em desistir da vida.

“[Perdi] a esperança! Passei a ser olhado de lado, fui vetado em todo o lado, lancei duas músicas, ninguém me quer na televisão a atuar, eu sou tabu! Eu senti efetivamente o que é censura, o que é ser posto à parte por uma coisa que eu não fiz. Perdi um pouco a esperança… Eu abri os Telejornais por coisas que eu não fiz“, disse.

“Posso-lhe dizer que acordar todos os dias é horrível. Para já, tenho muita responsabilidade acima de mim, tenho muita gente a meu cargo, muita gente que precisa de mim para se mexer para os motivar, tenho mais de 30 agenciados, não fiquei com menos gente, fiquei com mais gente, criei mais projetos, continuei a trabalhar, simplesmente escondi-me para conseguir trabalhar em paz”, acrescentou.

“Se não fosse a minha mulher, já não estava cá! Tinha desistido da vida”, afirmou ainda.

Recorde-se que o inquérito aberto por parte do Ministério Público e da Procuradoria-Geral da República encontra-se arquivado desde 20 de maio por falta de provas.

PUBLICIDADE
Sugestões para ti