PUBLICIDADE

Emocionado, João Soares recorda Maria João Abreu: “Há duas coisas que são sempre lembradas: o sorriso e o abraço da João”

João Soares, marido de Maria João Abreu que faleceu recentemente, esteve pela primeira vez em televisão. O músico aceitou o convite de Carla Andrino e esteve no programa “Estamos em Casa”, na SIC.

PUBLICIDADE

João Soares e Carla Andrino abraçaram-se em jeito de agradecimento aos que estiveram presentes no funeral da atriz mas a quem não conseguiu abraçar.

“O João abraça como a João”, disse Carla.

“Aprendi com ela. Uma das coisas que aprendi com ela foi a capacidade de amar e de nos darmos uns aos outros, que era uma coisa que ela fazia como ninguém”, disse.

“Ela era um ser que tinha uma capacidade infindável de amar, de perdoar e de estar com os outros, e de tratar toda a gente por igual, fosse quem fosse. Ela passou isso para todas as pessoas com quem convivia”, acrescentou.

“Em todos os posts e comentários que eu fui vendo ao longo deste tempo, há duas ou três coisas que são mencionadas por quase toda a gente: o sorriso e o abraço da João”, lembrou.

João Soares cantou juntamente com outro músico o tem ‘Palavras’, que escreveu para Maria João Abreu. No final da atuação recebeu uma prenda de Carla Andrino, um Santo António. O músico explicou a importância da figura religiosa.

“O casamento da João tinha terminado. Felizmente hoje, e desde há muito tempo, davamos-nos todos muito bem. Obviamente que a rutura é sempre difícil e a João tinha deixado de acreditar no amor e dizia que não queria mais ninguém para a vida dela”, explicou João Soares.

“Entretanto, passa-se um ano, deve ter sido em junho ou julho, e ela passou numa igreja e entrou, acendeu uma vela pelos filhos e depois disse ‘ah, já que cá estou, vou acender uma vela e pedir ao Santo António para voltar a acreditar no amor. Em agosto, conhecemo-nos”, contou.

Vê aqui