PUBLICIDADE

Eduardo Madeira defende Cristina Ferreira de críticas: “Isto já é bater no ceguinho. Irra, que é demais”

Eduardo Madeira, humorista que trabalha com Cristina Ferreira no ‘Cristina ComVida’, recorreu às redes sociais para sair em defesa da apresentadora, depois das capas de revista que saíram para as bancas.

PUBLICIDADE

A apresentadora já se tinha mostrado indignada com as revistas que a adjetivaram de “mentirosa”, “vingativa” ou “falsa”.

Eduardo Madeira considera que “não vale tudo” e que “já se ultrapassou uma linha vermelha”.

“O Mick Jagger disse uma vez sobre a imprensa: “Não quero saber o que dizem de mim, desde que a minha foto venha na capa”. E de facto diziam tudo sobre ele. Que dormia com Londres inteira, que consumia meia Colômbia por festa, que experimentava os lençóis de Bowie e da esposa. Mas ele borrifava-se no assunto. Era uma estrela de rock. No entanto isto começa a ultrapassar os limites”, começou por escrever.

“Esta mulher não é uma estrela de rock, tem família e isto dói. As capas das revistas hoje são estas. Falsa, ambiciosa, vingativa, mentirosa, etc. Numa altura em que o bullyng está na ordem do dia não será de olhar para isto? Defendo intransigentemente a liberdade de imprensa, mas isto é outra coisa. Está na altura de, por humanismo, bom senso, altruísmo, empatia ou que lhe quiserem chamar, meter um travão na adjectivação negativa e insultuosa que fazem a esta mulher. Não vale tudo. Desculpem, não me queria meter no assunto, mas também não tenho sangue de barata. Mesmo que a Cristina fosse metade do que dizem já se ultrapassou aqui uma linha vermelha. Agora já estão a malhar por malhar. Isto já é bater no ceguinho. Irra, que é demais. @dailycristina“, acrescentou.

Cristina Ferreira indignada com capas de revista: “Imaginem-se durante meses, anos, a conviver com isto…”