PUBLICIDADE

Detida, mãe de Cláudia Amaral impedida de ir ao funeral da filha

Cláudia Amaral, a jovem portuguesa que sofria de progeria, morreu esta sexta-feira, 19 de novembro, aos 23 anos.

PUBLICIDADE

A jovem sofria da condição rara que provoca o envelhecimento precoce do corpo

A mãe, Ana Cristina, está detida e foi impedida de ir ao funeral da filha, segundo a Sábado.

“Não foi dada luz verde por parte do estabelecimento prisional devido às regras impostas pela pandemia”, cita a publicação.

“Esta era a nossa grande luta. Não fazia sentido ela estar tão longe. Pedimos muitas vezes para que ela fosse transferida para mais perto, para estar mais perto da filha e só no dia do velório é que fizeram a transferência”, pode ler-se ainda.

PUBLICIDADE
Sugestões para ti