PUBLICIDADE

Débora Monteiro denuncia caso de assédio: “Tentou tocar-me, beijar-me…”

Sofia Arruda deu o mote para se falar em assédio sexual depois de ter revelado ter sido afastada de um canal de televisão por recusar as investidas de um superior. Outros casos vieram a público.

PUBLICIDADE

Desta vez foi a atriz Débora Monteiro, que em entrevista ao Expresso, revelou ter sido vítima de assédio sexual, quando trabalhava em televisão, por parte de um superior hierárquico.

A atriz conta que recusou a investida e que começou a ser maltratada na frente dos colegas.

“Tentou tocar-me, beijar-me. Como não lhe dei retorno, passou a chamar-me de burra frente à equipa”, revelou.

“Os colegas aperceberam-se, mas não souberam proteger-me. Talvez também com medo de perderem o emprego se interviessem”, conta a atriz, adiantando que a pessoa em questão assediou outras mulheres.

“Temos receio de denunciar não havendo provas. E num meio tão pequeno, há o receio de não voltarmos a trabalhar”, acrescenta.