PUBLICIDADE

Cláudio Ramos indignado com “irresponsabilidade” dos adeptos: “É uma vergonha…”

O Sporting Clube de Portugal festejou esta terça-feira, dia 11 de Maio, o título de campeão nacional. Milhares de pessoas saíram à rua e encheram as ruas de Lisboa para ver os campeões.

PUBLICIDADE

A festa fez-se até altas horas da madrugada e a indignação foi grande nas redes sociais, pela falta de zelo pela saúde pública e pelo facto das autoridades não terem prevenido o ajuntamento.

O caso foi comentado esta quarta-feira no programa “Dois às 10”, na TVI.

Durante a rubrica ‘Análise Criminal’, Cláudio Ramos mostrou-se indignado.

“É uma vergonha… Eu, ontem, quando vi estas imagens e, clubismos à parte, pensei ‘isto não pode acontecer’. As pessoas que ali estão sabem exatamente por aquilo que nós passámos, é importante festejar mas eu ouvi isto ontem, até da parte de comentadores e jornalistas que diziam “à boca cheia” que era uma bonita moldura humana, que era uma festa bonita. Não é, não é nem uma festa bonita nem uma bonita moldura humana”, referiu.

“Porra, somos todos crescidinhos. Sabemos que não podemos fazer isto (…) eu acho que se desculpabiliza esta ação porque estamos a falar de futebol e não pode acontecer (…) preocupa-me o ajuntamento de pessoas, a irresponsabilidade, como é que alguém, nesta altura, consegue imaginar que se pode preparar o Marquês (…) um Video Wall para se assistir ao jogo?…Então? Quem é que lá ia? 10 pessoas? Quem é que autorizou o Video Wall? Tudo errado”, considerou.