Carlos Cruz critica Somos Portugal e apresentadores “sem graça”

Carlos Cruz usou a sua crónica no jornal ‘Tal & Qual’ para criticar o programa ‘Somos Portugal’ da TVI.

PUBLICIDADE

“Saudei aqui o regresso do programa Somos Portugal que foi transmitido do concelho de Mafra. Hoje tenho que dizer os que se seguiram não corresponderam às expectativas criadas“, pode ler-se.

“O palco colocado em locais cujo vazio esmaga a insignificância de um painel e que é ampliado por planos gerais; imagens da mota em andamento também sem nada para mostrar mas que o realizador teima em colocar ampliadas ao lado de entrevistas, desviando a atenção do espectador do que é o assunto central; um guião sem consistência ou inexistente, dando a ideia de que está tudo a ser improvisado e que andam ali à deriva“.

O apresentador criticou ainda os apresentadores Santiago Lagoá, Isabel Figueira, João Montez, Mónica Jardim e Fanny Rodrigues: “um grupo de apresentadores sem graça mas com cada um a tentar ser mais engraçado que o outro“.

“Tenho pena. A força de João Baião e sua equipa facilmente esmaga as audiências nesse horário“, atirou.

PUBLICIDADE
  Sugestões para ti