PUBLICIDADE

Bruno Savate arrependido da relação com Joana: “Deixei-me levar pelo coração…Foi a única coisa que me destabilizou emocionalmente”

Os concorrentes estão a viver os últimos dias na casa e esta quinta-feira tiveram oportunidade de ver os vídeos de apresentação da primeira gala.

PUBLICIDADE

Todos fizeram uma reflexão sobre a experiência, falaram dos arrependimentos e do que mudariam se tivessem oportunidade.

A VT de Bruno Savate provocou gargalhadas nas colegas pelo aspeto físico do concorrente estar tão diferente. O concorrente de Rio Tinto comentou o seu percurso e as dificuldades que sentiu, muito devido à depressão por que está a passar.

“Acho que consegui cumprir o objetivo que era entreter os portugueses ao máximo. Todas as semanas eu fazia de tudo para entreter os portugueses aí em casa. Como concorrente deste programa consegui superar os meus obstáculos. Óbvio que tive aqui algumas situações desagradáveis, menos positivas, mas consegui dar a volta à situação e consegui dar a volta por cima. Uma delas foi que ninguém sabia aí fora que eu sofria de depressão e quando entrei na casa toda a gente andava a comentar e a gozar que eu estava muito magrinho e que devia ter alguma doença ou que andava a tomar comprimidos, que era estranho e isso eu sabia que ia mexer com os meus pais…”, revelou.

Sobre os arrependimentos, Savate afirma que “A única coisa que me arrependo e que me destabilizou emocionalmente foi a relação dentro do reality show. Eu deixei-me levar pelo coração. Ao deixar-me levar pelo coração, uma pessoa que já está sensível e se a relação corre mal vai abaixo. Foi o que me aconteceu a mim. Eu fui extremamente abaixo no fim dessa relação…Um pequeno problema para mim torna-se um problema de grande dimensão e eu não estava a conseguir gerir isso…”, afirmou.