PUBLICIDADE

Andreia Leal fala da vida de acompanhante de luxo e revela: “Eu salvo casamentos”

Andreia Leal, que ficou conhecida depois de entrar na Casa dos Segredos 1, esteve à conversa com Manuel Luís Goucha, esta quinta-feira, no programa da tarde da TVI.

PUBLICIDADE

A ex-acompanhante de luxo falou sem pudores sobre a sua profissão e fez algumas confissões surpreendentes.

“Quando cheguei à Suíça, atendi 56 homens numa noite num cabaret. Não tinha dinheiro nenhum no bolso…“, disse, recordando a primeira noite de trabalho.

“Mas Andreia, 56 homens?!“, atirou Manuel Luís Goucha incrédulo. “Posso perguntar o que quiser? Sentiste-te suja?“, questionou o apresentador.

“Nós sentimo-nos sujas. Aí morri, mataram a Andreia nessa noite. Depois acordei e tinha ali um bolo de dinheiro e, imediatamente, enviei para os meus filhos“, afirmou.

Andreia Leal revela que neste mundo encarna a personagem “Viviana”.

“Eu gosto do que faço (…) eu não sou só boa no sexo, eu sou boa companhia, eu sei conversar e isto fez que com eu cada vez mais gostasse de ser acompanhante”, afirmou.

“Eu gosto do que faço, eu não gosto de atender um cliente, por exemplo, em vinte minutos (…) em 5 minutos tens que detetar o que é que o cliente precisa (…) Gosto de ser acompanhante, sou prostituta porque me deito por dinheiro (…) vendo o meu corpo, o meu tempo, a minha alma”, explicou.

Andreia Leal “salva casamentos”

“Eu salvo casamentos. 80% dos casamentos estão perdidos, é tudo bluff (…) Eles dizem-me “eu sou muito feliz com a minha mulher mas eu gostava de experimentar isto”…Quando ele sai de ao pé de mim acredita que ele chega a casa e aquele ponto vai ser melhorado (…) ele chega e vai estar bem (…) eles depois dizem-me que salvei o casamento”, contou.