PUBLICIDADE

Ana Morina pega-se com Bruno: “Não sou empregada dele”

Ana Morina e Bruno pegaram-se mais uma vez. O concorrente pediu à colega para o substituir na prova semanal por uns breves minutos para poder ir à casa de banho e fumar um cigarro.

PUBLICIDADE

Ana Morina não gostou da demora e protestou: “Deve pensar que eu sou empregada dele”.

A concorrente encontrava-se a passar a ferro e não gostou de interromper a tarefa.

Rafael defendeu o colega porque no momento em que esta protestou, o líder estava a alinhar a tarefa semanal com o colega a retirar informações do que já tinham realizado na Arena.

PUBLICIDADE
Sugestões para ti