PUBLICIDADE

Ana Garcia Martins considera “injusto” Fábio estar na final: “Não estavam todos nas mesmas condições”

Ana Garcia Martins esteve no Diário da tarde desta terça-feira e voltou a comentar a atribuição dos passaportes para a final.

PUBLICIDADE

A prova que deu o passaporte a Fábio não foi bem vista pela comentadora.

“Acho que foi injusto! Eles não estavam todos sentados no mesmo sítio, não querendo entrar aqui nas diferenças entre mulheres e homens porque, pelo menos, os homens são mais velozes e mais expeditos do que as mulheres no que toca a provas físicas, a Ana Barbosa e a Débora também tinham acabado de fazer uma prova e estavam em roupão, enfim não estavam todos nas mesmas condições“, começou por explicar.

“Ao menos que fosse um dilema de jeito: obviamente por 5.000€ qualquer pessoa não se importaria de retirar esse valor ao prémio“.

“Aumentava muito mais o prémio para que fosse um verdadeiro dilema. De repente vamos retirar 20.000€ ao prémio, porque isso já o faria balançar embora eu ache que ele aceitaria na mesma“.

“Não acho que seja (um justo finalista), como também não acho que o Bruno seja um justo finalista, ainda que o Fábio seja um bocadinho mais do que o Bruno…“.

PUBLICIDADE
Sugestões para ti