PUBLICIDADE

Ana Barbosa emociona todos com curva da vida: “O meu pai chegou a apontar uma arma à minha mãe para a matar”

Ana Barbosa partilhou a sua curva da vida este domingo. A concorrente de Genebra revelou o seu passado de violência, a luta contra o cancro e ainda sobre a gravidez que lhe salvou a vida.

PUBLICIDADE

“O meu pai era alcoólico, a gente sempre viveu uma vida muito triste, eu e a minha mãe tínhamos que fugir de casa porque ele batia-nos. O meu pai chegou a apontar uma arma à minha mãe para a matar e eu vi isso tudo” começou por contar.

“O meu primeiro amor tinha 15, 16 anos. Era muito, muito rebelde e era o mauzão da escola. Chegamos a namorar, até que ele depois me traiu e nesse dia eu quis me matar” acrescentou.

“A minha mãe houve um dia que me disse, ‘eu hoje não volto mais para casa’, e eu quando chego a casa ela não estava em casa, eu entrei e ela não estava em casa, entretanto o meu pai chega e eu estava sozinha com ele em casa. Vinha super bêbado e eu só lhe disse ‘por favor, não me faças nada’. Depois ela tentou entrar em contacto comigo, mas eu fiquei cheia de raiva dela”, disse..

“Ele ficava com o dinheiro todo” contou, revelando que teve de emigrar para a Suíça.

A concorrente contou que o pai faleceu em 2009.

Ana conheceu Ricardo, o “grande amor” da sua vida. A concorrente engravidou e descobriu numa ida ao médico que tinha um tumor no útero. Por ter sido a salvação, Ana deu o nome de “Pilar” à filha.

PUBLICIDADE
Sugestões para ti